Para Baixar Em Pdf:

Simulado 7 Concurso  Professor De Quimica

1. A fórmula estrutural da zingerona permite prever que essa
substância
(A) comporta-se como substância simples.
(B) forma ligações de hidrogênio intra e intermoleculares.
(C) conduz bem a corrente elétrica mesmo no estado fundido.
(D) é insolúvel a frio tanto em água quanto em hidrocarbonetos
parafínicos.
(E) é um sólido que à pressão normal funde a temperaturas
mais altas que 300 ºC.

2. Leia o texto.

Carbono poderá substituir silício em chips
O carbono pode tomar o lugar do silício como matériaprima
principal dos chips eletrônicos no futuro. Cientistas
descobriram que o grafeno, um material feito com arranjos
hexagonais de átomos de carbono, similar ao dos favos de
mel de uma colmeia, mas com apenas um átomo de espessura,
possui características que o tornam um bom candidato a material
para chip. Os cientistas revelaram que colocaram átomos
de hidrogênio na superfície do grafeno para transformá-lo em
um material isolante.

(http://info.abril.com.br/aberto/infonews/012009. Adaptado)

A substituição do silício por grafeno na fabricação de chips
para computadores é possível porque
(A) da mesma forma que o silício puro, o grafeno é um condutor
de eletricidade.
(B) o grafeno e o silício utilizado em chips têm estrutura
cristalina idêntica à do diamante.
(C) da mesma forma que no silício puro, o grafeno apresenta
ligações duplas e triplas entre átomos de carbono.
(D) o grafeno modificado por hidrogênio adquire propriedades
de isolante térmico análogas às do silício utilizado
em chips.
(E) no grafeno, as ligações entre os átomos de carbono têm
o mesmo comprimento das ligações entre os átomos de
silício puro.

3. Um professor apresentou a Lei das Proporções Múltiplas,
associada a um dos postulados da teoria atômica de Dalton,
e solicitou aos alunos que demonstrassem a sua compreensão
sobre esse assunto, resolvendo o seguinte problema:

Duas substâncias diferentes são formadas pelos elementos
carbono e oxigênio. A substância X contém 42,9% em massa
de carbono e 57,1% de oxigênio em massa. A substância Y
contém 27,3% em massa de carbono e 72,7% de oxigênio
em massa.
Para atender à solicitação do professor, os alunos devem
responder que
(A) a substância Y contém 2,66 g de carbono/g de oxigênio.
(B) a substância X contém 0,75 g de oxigênio/g de carbono.
(C) a substância Y contém 2,66 g de oxigênio/g de carbono.
(D) as massas de oxigênio contidas nas substâncias X e Y
estão na proporção de 1:1.
(E) as massas de oxigênio que combinam com o carbono nas
substâncias Y e X estão na proporção de 3:1.

4. Um professor apresentou aos seus alunos de Química a seguinte
manchete:
Gás nobre “ameaçado de extinção” coloca ciência e tecnologia
em xeque.
(Redação do Site Inovação Tecnológica. 07.01.2008, acessado em 09/2009)
Em seguida, informou aos alunos que o gás em questão é o
hélio e argumentou em favor da manchete apresentando as
seguintes afirmativas:
I. A produção industrial de hélio é extremamente limitada
e diretamente atrelada à extração do gás natural.
II. Atualmente, além de grandes quantidades empregadas na
pressurização dos tanques dos ônibus espaciais, o hélio é
importante em ressonância nuclear magnética, soldagem,
fibras ópticas e produção de chips de computador.
III. O hélio disponível na Terra é gerado pelo decaimento
radioativo do urânio-238, cuja meia-vida é de 4,5 bilhões
de anos.
IV. Não há formas biossintéticas para se fabricar uma alternativa
ao hélio e, por isso, ele é não-renovável e insubstituível.
É correto o que o professor afirma em
(A) I, II, III e IV.
(B) I, II e III, apenas.
(C) I, III e IV, apenas.
(D) I, II e IV, apenas.
(E) II, III e IV, apenas.

5. Há muito tempo sabe-se que todas as substâncias são afetadas,
em maior ou menor grau, por campos magnéticos externos.
Assim, um material classificado como diamagnético, quando
colocado num campo magnético, tende a ser repelido, enquanto
que um material paramagnético, nas mesmas condi-
ções, tende a ser atraído. Essa diferença de comportamentos
tem a ver com a configuração eletrônica dos átomos: nos
elementos paramagnéticos, as subcamadas eletrônicas não
estão completamente preenchidas, ou seja, existem elétrons
não-emparelhados.
Considere átomos de Be, Ne, Na, e Al expostos à ação de um
campo magnético. Um comportamento paramagnético deve
ser previsto para
(A) Be e Ne.
(B) Ne e Na.
(C) Na e Al.
(D) Be e Al.
(E) Ne e Al.

6. Um picolé de maracujá é fabricado com água filtrada, açúcar
comum (C12H22O11) e polpa de maracujá. De acordo com a
informação do fabricante, em um picolé de 62 g, 16 g são de
carboidratos.
Dado: Entalpia padrão de combustão da sacarose:
– 5 944 kJ.mol–1.
Nesse caso, a quantidade de energia liberada na ingestão de
cada picolé é, aproximadamente, igual a
(A) 91 kJ.
(B) 132 kJ.
(C) 278 kJ.
(D) 594 kJ.
(E) 759 kJ.

7. Uma amostra de água apresenta cloretos (Cl–
) na concentração
de 2 × 10–3 mol.L–1. Considere que o critério brasileiro de
potabilidade estabelece o limite para cloretos em 250 mg.L–1.
Em relação à concentração de cloretos, a água examinada
(A) atende ao critério brasileiro de potabilidade, pois apresenta
3,5 mg.L–1 de Cl–
.
(B) atende ao critério brasileiro de potabilidade, pois apresenta
7,1 mg.L–1 de Cl–
.
(C) atende ao critério brasileiro de potabilidade, pois apresenta
71 mg.L–1 de Cl–
.
(D) não atende ao critério brasileiro de potabilidade, pois
apresenta 355 mg.L–1 de Cl–
.
(E) não atende ao critério brasileiro de potabilidade, pois
apresenta 711 mg.L–1 de Cl–
.

O texto que segue refere-se às questões de números 8 e 9.
A água oxigenada decompõe-se em sistema aberto, muito
lentamente. A equação que descreve essa reação está apresentada
a seguir.
H2 O2 (l) → H2 O(l) + ½O2 (g) ΔH = –98,2 kJ

8. A variação de entalpia envolvida na produção de 1g de oxigênio
é de
(A) 3,07 kJ.
(B) 6,14 kJ.
(C) 15,71 kJ.
(D) – 6,14 kJ.
(E) – 15,71 kJ.

9. Para demonstrar na prática conceitos relacionados com a
velocidade de reações químicas, a turma de Química realizou
a seguinte experiência:
Procedimento
1. Colocar um pouco de água oxigenada 10 volumes num
tubo de ensaio.
2. Observar.
3. Cortar um pequeno pedaço de batata crua descascada.
4. Com o auxílio de uma espátula, adicionar o pequeno
pedaço de batata.
5. Observar.
Relatório
A água oxigenada apresentava-se incolor. Não observamos
nenhuma transformação. Ao colocar o pedaço de batata crua
no tubo de ensaio que continha a água oxigenada, observamos
o aparecimento de “bolhas” de gás na superfície do líquido e
ao redor do pedaço de batata, que permaneceu intacto. Esse
fato evidenciou que a batata aumentou a velocidade da reação
de decomposição da água oxigenada.
Com essas observações, os alunos afirmaram que
I. os catalisadores aumentam a velocidade das reações;
II. os catalisadores não são consumidos pela reação;
III. uma pequena quantidade de catalisador é suficiente para
alterar a velocidade de uma grande quantidade de reagentes.
É correto o que se afirma em
(A) I, apenas.
(B) I e II, apenas.
(C) I e III, apenas.
(D) II e III, apenas.
(E) I, II e III.

10. Certo produto muito utilizado para desentupir encanamentos
é constituído por uma mistura de soda cáustica e alumínio em
pó. Quando essa mistura interage com água, há transformação
química rápida e fortemente exotérmica na qual se formam
hidrogênio molecular gasoso e tetra-hidroxialuminato de só-
dio em solução aquosa. Representando-se essa transformação
por meio da linguagem simbólica da Química, têm-se:
(A) 2 Al(s) + 2 NaOH(aq) + 6 H2O(l) + energia →→ 2 Na[Al(OH)4](aq) + 3 H2(g)
(B) 2 Al(s) + 2 NaOH(aq) + 6 H2O(l) →→ 2 Na[Al(OH)4](aq) + 3 H2(g) + energia
(C) 2 Al(s) + 2 NaOH(aq) + 3 H2O(l) →→ 2 Na[Al(OH)4](aq) + 3 H (g) + energia
(D) 2 Al(s) + Na2O (aq) + 7 H2O(l) + energia →→ 2 Na[Al(OH)4](aq) + 3 H2(g)
(E) 2 Al(s) + Na2O (aq) + 7 H2O(l) →→ 2 Na[Al(OH)4](aq) + 3 H2(g) + energia
Gabarito

1-B
2-C
3-B
4-D
5-E
6-A
7-A
8-C
9-D
10-E

Simulado 7 Concurso Professor De Quimica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + um =

CURSOS GRATUITOS PARA PROFESSORES (COM CERTIFICADO)