Para Baixar Em Pdf:

Simulado 10 Concurso  Professor De História

 

As questões 1 e 2 referem-se ao contexto sócio-histórico
das Principais civilizações da Antigüidade.
As grandes civilizações da antiguidade foram responsáveis
pelas grandes terras e reinos de um tempo glorioso da
nossa história, e as maiores civilizações fundaram seus
reinos em países que hoje são a Grécia, Itália, Egito e
Iraque.
(Aquino – Denize – Oscar. História das Sociedades – Das
sociedades primitivas às sociedades medievais. Editora ao
Livro Técnico. Rio de Janeiro. p. 4; 5 e 6.)
1. O homem produz cultura: produz objetos e idéias de acordo
com suas necessidades de sobrevivência. No Antigo
Oriente Próximo, a evolução foi no sentido da formação das
sociedades baseadas no modo de produção __________,
e no chamado ________, no período denominado
Antiguidade Clássica.
Marque os dados corretos e respectivos para preencher as
lacunas do enunciado.
(A) romano; Velho Mundo.
(B) asiático; Mundo Ocidental.
(C) assírio; Velho Mundo.
(D) egípcio; Mundo Antigo.
(E) fenício; Mundo Medieval.
2. Nas sociedades escravistas da Antigüidade Clássica estão
as origens da chamada cultura ocidental: nosso universo
mental tem suas raízes no modo de vida das sociedades
_______________.
Marque os dados corretos para completar o sentido do
enunciado.
(A) grega e romana.
(B) egípcia e grega.
(C) fenícia e egípcia.
(D) hebraica e romana.
(E) asiática e européia.
As questões 3 e 4 referem-se ao texto seguinte.
“O ensino de História possui objetivos específicos, sendo
um dos mais relevantes o que se relaciona à constituição
da noção de identidade. Assim, é primordial que o ensino
de História estabeleça relações entre identidades
individuais, sociais e coletivas, entre as quais as que se
constituem como nacionais.(…) Para a sociedade brasileira
atual, a questão da identidade tem se tornado um tema de
dimensões abrangentes, uma vez que se vive um extenso
processo migratório que tem desarticulado formas
tradicionais de relações sociais e culturais.(…) Dentro dessa
perspectiva, o ensino de História tende a desempenhar um
papel mais relevante na formação da cidadania, envolvendo
a reflexão sobre a atuação do indivíduo em suas relações
pessoais com o grupo de convívio, suas afetividades e sua
participação no coletivo.(PCNs História 1ª a 4a p.26).”
(http://www.museudapessoa.net/oquee/biblioteca/zilda_kes
sel_parametros_curriculares.pdf)
3. A História tem permanecido no currículo das escolas,
constituindo o que se chama de saber histórico escolar. No
diálogo e no confronto com a realidade social e
educacional, no contato com valores e anseios das novas
gerações, na interlocução com o conhecimento histórico e
pedagógico, o saber histórico escolar tem mantido
tradições, tem reformulado e inovado conteúdos,
abordagens, métodos, materiais didáticos e algumas de
suas finalidades educacionais e sociais. (…)
(http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/pcn_5a8_historia.
pdf)
Analise as afirmações seguintes.
I. Comemoração das datas cívicas, como: descobrimento do
Brasil; independência da Bahia; independência do Brasil.
II. Estudos dos fatos que contribuíram para a formação do
povo brasileiro.
III. Nome dos brasileiros que se notabilizaram no processo do
desenvolvimento democrático nacional.
IV. O nome das personalidades baianas e brasileiras que dão
nome às Escolas.
Marque a opção que apresenta o que se pode relacionar
com História no currículo escolar.
(A) I, II, III apenas.
(B) II, IV apenas.
(C) I, III apenas.
(D) II, III, IV apenas.
(E) I, II, III, IV.

4. Os conhecimentos transmitidos por técnicos em educação
trazem uma possibilidade de ação na prática.
(PCNs História- 5a a 8a p.35 – conteúdo adaptado.)
“Na medida em que o ensino de História possibilita ao
aprendiz construir noções, ocorrem mudanças no seu modo
de entender a si mesmo, os outros, as
relações sociais e a História. Os novos domínios cognitivos
do aluno podem
interferir, de certo modo:
I. Nas suas relações pessoais e sociais e nos seus
compromissos e afetividades com as classes.
II. No convívio saudável com os grupos sociais.
III. Na compreensão do processo sócio-histórico das diversas
culturas, dos valores e das gerações do passado, podendo
entender o comportamento das gerações futuras.
Está(ão) correta(s) a(s) enunciação (ões):
(A) I e II apenas.
(B) II e III apenas.
(C) I apenas.
(D) I – II e III.
(E) III apenas.

As questões 5 e 6 referem-se ao FEUDALISMO. Para
respondê-las, utilize o código: V (Verdadeiro) ou F (Falso).
Em seguida, marque a sequência correta.
A interpretação do que vem a ser FEUDALISMO, também
denominado SISTEMA FEUDAL, constitui uma questão
sujeita a inúmeras controvérsias. Há historiadores que
também admitem a existência desse sistema apenas na
Europa Ocidental.
(Aquino – Denize – Oscar. História das Sociedades – Das
sociedades primitivas às sociedades medievais. Editora ao
Livro Técnico. Rio de Janeiro. p. 386/7.)

5. Analise as proposições seguintes:
( ) A formação do Feudalismo envolveu uma série de
elementos estruturais, de origem romana e germânica,
associados aos fatores conjunturais, num longo período
que engloba a crise do Império Romano a partir do
século III, a formação dos Reinos Bárbaros e a
desagregação do Império Carolíngeo no século IX.
( ) No plano econômico, a expansão do comércio e do
mercado era um fato que marcava o período da
transição do Feudalismo para o Capitalismo.
( ) A burguesia enriquecia cada vez mais, administrando
grandes negócios, que passam a ser incompatíveis com
o sistema feudal.
( ) Os laços de dependência entre suseranos e vassalos
não estabelecia vantagem para nenhum deles, pois
existia um sistema de cooperação mútua, porque o
cerne, para eles, era garantir as condições de
sobrevivência. Em muitos momentos marcantes da
história da época, os senhores feudais seguiam o
mesmo comportamento em relação aos seus servos.
(A) V; V; V; F.
(B) F; V; V; F.
(C) V; F; V; V.
(D) V; V; F; F.
(E) F; F; V; F.

6. Analise as proposições seguintes:
( ) A formação do feudalismo desenvolveu-se num longo
período, que engloba a crise do Império Romano a partir
do século III, a formação dos Reinos Bárbaros e a
desagregação do Império Carolíngeo no século IX.
( ) O resultado das alterações sócio-históricas vividas nos
séculos XIV e XV refletiu no sistema feudal, que passou
a sofrer fortes pressões internas e externas, que o
modificaram, pondo muitas de suas estruturas em
colapso.
( ) No período sócio-histórico dos séculos XIV e XV, a
Europa Ocidental passou por forte crise, acompanhada
do espírito da modernidade, gerando consideráveis
alterações de ordem: políticas, econômicas, sociais e
religiosas no sistema vigente.
( ) No plano político, os senhores feudais, decidiram pela
descentralização do poder das grandes regiões,
envolvendo os Antigos Estados Nacionais como: França,
Espanha e Portugal.
(A) V; V; F; F.
(B) F; V; V; F.
(C) V; V; V; F.
(D) F; F; V; V.
(E) V; F; V; F.

7. Sobre a ordem política e econômica do Estado Nacional,
entre os séculos XVI e XVII, marque a afirmação correta.
(A) A consolidação do Estado nacional é decorrente da crise
do capitalismo mercantil e da importância da Igreja.
(B) Na segunda metade do século XVII, dois Estados lideraram
a Europa: a França impõe-se no continente e a Inglaterra
torna-se a primeira potência colonial.
(C) A política mercantilista da Inglaterra foi estimulada pelo Ato
de Navegação, que liberava a entrada de navios
estrangeiros nos portos ingleses.
(D) A França e a Espanha tinham como finalidade política
mercantilista: importar o máximo e exportar o mínimo.
(E) A prática mercantilista dos países europeus favoreceu o
setor manufatureiro nas colônias americanas.

8. Enquanto na Europa ocidental se acentuava a ruralização e
a descentralização do poder, no Oriente Mediterrâneo a
sociedade bizantina e a sociedade mulçumana se
caracterizaram pela existência de um poder centralizado,
pelo desenvolvimento de suas cidades, pela grandeza do
comércio e por ideologias religiosas que marcavam
profundamente a vida dos homens.
(Aquino – Denize – Oscar. História das Sociedades – Das
sociedades primitivas às sociedades medievais. Editora ao
Livro Técnico. Rio de Janeiro. p. 386 / 7.)
Sobre o contexto sócio-histórico referido, use o código: V
(Verdadeiro) ou F(Falso).
( ) Na sociedade bizantina, a fé cristã foi o problema mais
discutido, o que levou ao surgimento de várias heresias,
sendo o próprio Imperador também chefe da Igreja.
( ) Na sociedade mulçumana, a fé em Alá foi o fator
unificador e que impulsionou o povo árabe à guerra de
conquista.
( ) A expansão mulçumana atingiu o domínio de imenso
território, desde a Península Ibérica até a Índia.
Marque a sequência correta.
(A) V; F; F.
(B) F; F; V.
(C) V; V; F.
(D) V; V; V.
(E) F; V; V.

As questões 9 a 10 referem-se ao contexto sócio-histórico
do Iluminismo ou Ilustração.
O Estado absolutista alimenta-se do conflito entre essas
classes sociais, procurando administrá-lo para preservar
uma situação de equilíbrio de forças entre elas. Tirando o
máximo proveito dessa coexistência de forças, garantia o
poder supremo da monarquia. Isso explica certas
contradições do Estado absolutista, como, por exemplo,
conceder monopólios de comércio à burguesia, estimular as
atividades comerciais e, ao mesmo tempo, oferecer
pensões para sustentar uma nobreza cortesã, parasitária e
improdutiva.
(CARLYLE, Thomas. História da Revolução Francesa.
Melhoramentos. 1962. São Paulo.)

9. Com o desenvolvimento do capitalismo, nos séculos XVII e
XVIII, a burguesia continuou sua ascensão econômica em
importantes países europeus, como _______________.
Consciente de seus interesses, criticando o Antigo Regime.
As principais características que marcaram as sociedades
do Antigo Regime foram:
I. no setor político: poder absoluto dos reis;
II. no setor social: divisão da sociedade em estamentos, onde
se distinguiam ordens privilegiadas pelo nascimento e
camadas desfavoráveis.
III. no setor econômico: coexistência de relações feudais e
relações capitalistas, ora em harmonia, ora em conflitos;
IV. no setor cultural: a intolerância religiosa e filosófica. O
Estado e a Igreja intervinham na vida das pessoas, não
permitindo a liberdade de religião ou convicção filosófica e
política.
Marque os dados corretos para completar o enunciado.
(A) Alemanha e Inglaterra.
(B) Inglaterra e França.
(C) Rússia e França.
(D) Itália e Alemanha.
(E) Suécia e Itália.

10. Ele foi o mais representativo vulto do Iluminismo francês e
o inspirador da nova forma política do século XVIII na
Europa, o Despotismo Esclarecido. Sua principal arma nos
ataques dirigidos à nobreza e à administração real era a
sátira. Isso lhe valeu prisão e deportação para a Inglaterra,
onde viveu três anos.
(MELLO, Leonel Itaussu A. et al. História Moderna e
Contemporânea. Editora Scipione. São Paulo. p. 106.)
O texto apresenta características de:
(A) Montesquieu.
(B) John Locke.
(C) Voltaire.
(D) Jean-Jacques Rousseau.
(E) Diderot.
Gabarito

1-B
2-A
3-E
4-D
5-A
6-C
7-B
8-D
9-B
10-C

Simulado 10 Concurso Professor De História

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 5 =

CURSOS GRATUITOS PARA PROFESSORES (COM CERTIFICADO)