Para Baixar Em Pdf:

Simulado 19 Concurso  Professor De História

1. Sobre o imperialismo no plano ideológico, podemos afirmar:
(A) A supervalorização do capital estrangeiro como símbolo da
formação de políticas neoliberais e o aumento da demanda de
líderes carismáticos para estimular a intervenção estatal.
(B) A exaltação nacionalista e a postura racista (o europeu
ocidental seria melhor, mais bem desenvolvido, civilizado e
superior aos latino-americanos, africanos e asiáticos) eram
usadas para justificar a imposição de modelos políticos,
econômicos e civilizatórios, modos de viver e de pensar e,
sobretudo, as intervenções armadas.
(C) Na verdade, uma profunda transformação estava em
andamento na correlação de forças internacionais. Um
equilíbrio ideológico europeu distanciou ainda mais as rivais
potências históricas – para bloquear as potências recémconstituídas
na América, África e Ásia.
(D) A propósito, o imperialismo passou a ser confundido
simplesmente com as ocupações territoriais para promover um
neocolonialismo. Numa análise sistemática, a explicação
lógica para o novo paradigma internacional era de desenvolver
uma missão civilizatória.
2. Os Estados europeus, na Idade Moderna, foram marcados pelo
absolutismo, o qual foi legitimado nos escritos de alguns
pensadores, porém, posteriormente, foi condenado por:
(A) Jean-Jacques Rousseau, que defendia o “contrato social”,
pelo qual o homem cede os seus direitos, para participar da
vontade geral regedora da vida política.
(B) Jacques Bossuet, que afirmava ser de procedência divina o
poder dos governantes, devendo-lhes os súditos total
obediência.
(C) Thomas Hobbes, que sustentava a conveniência de um
governo forte, por estar de acordo com a psicologia e a razão.
(D) Montesquieu, que declarava ser o homem o lobo do homem,
daí a necessidade de os homens cederem seus direitos e
organizarem um Estado forte.
3. Considerando-se as interpretações contemporâneas mais
consensuais sobre a Reforma Protestante é correto afirmar:
(A) A Reforma foi o resultado natural da disseminação, entre todas
as camadas sociais, da educação inspirada no criticismo e no
cientificismo do Renascimento.
(B) A Reforma se explica completamente quando se analisam os
aspectos econômicos, principalmente os interesses materiais
do papado na cobrança dos impostos eclesiásticos, em toda a
Europa.
(C) A Reforma é compreendida à luz da supremacia absoluta do
episcopado romano, que, desde Inocêncio III, exercia um
poder inconteste na Europa ocidental.
(D) A Reforma é inteligível como parte das mudanças radicais que
ocorriam no modo de a maioria das pessoas pensar na vida,
na existência e nas idéias que tinham a respeito desta.
4. Com relação à formação étnica da população brasileira, é correto afirmar
que:
(A) Nos primeiros séculos de nossa história, o processo de
formação do território brasileiro congregou apenas dois grupos
humanos: os povos indígenas e os povos africanos.
(B) Na realidade, o encontro entre os povos indígenas, os
europeus (a princípio portugueses) e os africanos ocorreu de
forma harmoniosa.
(C) Atualmente, é possível afirmar que o povo brasileiro, com seu
passado histórico comum e suas manifestações culturais,
resulta do encontro e convivência desses três grupos humanos
(índios, negros e brancos), fato que proporciona a nosso país,
uma grande diversidade étnica, existente em poucos países do
mundo.
(D) Desde o século XVI, os europeus (espanhóis, italianos,
alemães e eslavos), asiáticos (árabes e japoneses), já faziam
parte da composição da população brasileira.

5. A escravidão indígena revelou-se pouco eficaz, particularmente nas
áreas da grande lavoura de exportação por vários fatores. Assinale a
alternativa que apresenta corretamente tais fatores:
(A) Os constantes ataques às missões ou reduções, reorientação da
política dos colonos, adaptação ao trabalho de natureza agrícola
visando produção de excedente, conflitos intertribais,
reconhecimento da diversidade cultural, não resistência à
dominação.
(B) Resistência constante dos nativos, fuga em massa de tribos
inteiras, aumento do preço dos índios cativos, inadaptação ao
regime de trabalho agrícola na grande lavoura, interesses
maiores da burguesia mercantil metropolitana no tráfico negreiro
que lhe garantia significativa acumulação de capital.
(C) Percepção dos índios como uma outra humanidade, como
animais ou como demônios, retirada dos nativos do seu habitat
natural, boas chances de sobrevivência, alta rentabilidade para os
senhores de terra, força de trabalho básica para os engenhos e
para a lavoura.
(D) N.d.a.
6. Foi causa da desagregação da ordem econômica feudal:
(A) As constantes e pesadas chuvas caídas sobre a Europa
Ocidental, entre 1315 e 1317, devastaram os campos e
prejudicaram as colheitas.
(B) O surgimento de uma nova classe social, a burguesia, resultou no
deslocamento do eixo econômico da área rural agrícola para o
comércio urbano.
(C) A peste negra ou bubônica em 1348, vinda do Oriente Médio,
atingiu a população europeia, dizimando-a em cerca de 30%.
(D) Todas as alternativas acima.
7. Pode ser identificada como característica do Pacto Colonial:
(A) O consumo dos manufaturados metropolitanos pelas colônias e a
exportação de bens lucrativos para a metrópole.
(B) O estímulo à produção agrícola das colônias para a sua própria
subsistência.
(C) A compra de produtos coloniais por elevados preços e a venda de
produtos manufaturados por preços irrisórios.
(D) O predomínio de investimentos em atividades industriais e não
em atividades agrícolas.
8. A produção do ouro no século XVIII provocou várias transformações na
colônia. Dentre elas, podemos destacar:
(A) A introdução do tráfico africano e a desarticulação das relações
com a Inglaterra.
(B) A introdução do trabalho livre com os imigrantes e a preservação
da população indígena.
(C) As alternatives “a” e “b” estão corretas.
(D) N.d.a.
9. Uma nova Constituição foi imposta ao país (1937). Apresentava as
seguintes características:
(A) Estabelecia a pena de morte.
(B) Aumentava os poderes presidenciais.
(C) Elaborada segundo o modelo da Constituição da Polônia.
(D) Todas as alternativas acima.
10. Sobre as determinações do Plano Cruzado (fevereiro de 1986) é correto
afirmar que:
(A) O Cruzado foi equiparado ao dólar, contribuindo para o controle
do consumo e da inflação.
(B) Com este Plano, os empresários conseguiram atender à
demanda interna e às exportações.
(C) O objetivo deste Plano era acabar com a inflação.
(D) Os preços foram congelados, e o cruzado, substituído pelo
cruzeiro.
Gabarito

1-B
2-A
3-D
4-C
5-B
6-D
7-A
8-D
9-D
10-C

Simulado 19 Concurso Professor De História

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =

CURSOS GRATUITOS PARA PROFESSORES (COM CERTIFICADO)